31/01/2014

Campanha debate desrespeito a vagas para deficientes na UnB


Estudantes podem divulgar imagens de flagrantes em rede social.
Motoristas deixam bilhete dizendo que será rápido, afirma cadeirante.

O DCE da Universidade de Brasília aderiu à campanha nacional "Esta vaga não é sua nem por um minuto" e abriu espaço nas redes sociais para divulgar imagens e debater o desrespeito às vagas reservadas a pessoas com deficiência na instituição. O objetivo é conscientizar a comunidade acadêmica e a fiscalização.

De acordo com o diretor do DCE, Nicholas Powidayko, os centros acadêmicos estão sendo estimulados a divulgar a campanha nos cursos e já nas férias houve adesão. “Começamos com a denúncia de uma estudante, que fotografou o carro de uma acadêmica que frequentemente parava em vaga reservada."

Para o cadeirante e coordenador do Programa de Apoio ao Portador de Necessidades Especiais da UnB, José Roberto Fonseca, os motoristas preferem as vagas exclusivas por elas ficarem mais próximas aos prédios. "Alguns motoristas que não apresentam dificuldade de locomoção chegam a deixar bilhetes nos carros com frases como: é rápido!”, disse. "A vaga está lá por uma questão de segurança, e não de conforto."

Fonte: G1
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.