16/01/2014

Berlim está cada vez mais preparada para receber pessoas com deficiências

Berlim ganhou o prêmio ‘Cidade Acessível’ de 2012, concedido pela União Européia

Em 2012, a implantação de medidas em favor da locomoção de cadeirantes valeu a Berlim o prêmio “Cidade Acessível”, concedido pela União Europeia.

Além das opções para quem se locomove em uma cadeira de rodas, muitos museus têm se adaptado para receber também deficientes visuais. Como o Novo Museu, onde é possível sentir a arte com o tato. Do busto da diva egípcia Nefertiti existe uma réplica que pode ser tocada com as mãos.

A dica é consultar a internet antes de viajar. O Mobidat é um banco de dados online que oferece mais de 30 mil informações sobre acessibilidade às instalações e prédios em Berlim. Também existe um aplicativo para o telefone celular. Gratuitamente, o app mostra onde ficam os lugares na Alemanha de fácil acesso a cadeirantes.

Quem, mesmo assim, ainda precisar de ajuda, pode usufruir de um serviço de acompanhamento oferecido gratuitamente pela associação de transportes da cidade. Alguém vai com você de um lugar ao outro, sem qualquer custo para o turista ou visitante.

Das 173 estações de metrô em Berlim, 94 já foram adaptadas para cadeirantes. A meta é que até 2020 todas estejam adequadas.

Para chegar às atrações turísticas como o Portão de Brandemburgo (foto), o Parlamento Alemão e a praça Alexanderplatz, por exemplo, basta pegar o ônibus de número 100. Também esse é equipado com uma rampa que permite a entrada e saída de usuários de cadeiras de rodas em qualquer uma das paradas.


Fonte: DW e Blog Turismo Adaptado
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.