19/11/2013

‘Sinalização em Acessibilidade’, um guia permanente de consulta a projetos com acessibilidade

Capa do livro ‘Sinalização em
Acessibilidade’ de Frederico Viebig
A publicação inédita no mundo foi lançado no  dia 18 de novembro, onde o público poderá ver aplicado os conceitos de sinalização voltados à acessibilidade. O livro se propõe a estimular o debate e a conscientização sobre a importância da sinalização como parte integrante e indissolúvel do ambiente humano. Um guia permanente  para consulta de projetos com acessibilidade, que induz à reflexão dos diversos aspectos da ambientação de pessoas com deficiência, dá diretrizes e antevê produtos futuros de tecnologia assistiva.
 
O engenheiro e autor da obra, Frederico Viebig, espera que o livro seja uma referência quando o assunto for proporcionar a inclusão, pois dá diretrizes e antevê produtos futuros  que permitem a ampliação da comunicação, mobilidade, controle do seu ambiente, habilidades de seu aprendizado, trabalho e integração com a família, amigos e sociedade.
De acordo com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), a Acessibilidade é definida  como “a condição para utilização com segurança e autonomia, total ou assistida, dos espaços mobiliários e equipamentos urbanos, das edificações, dos serviços de transporte e dos dispositivos, sistemas e meios de comunicação e informação por uma pessoa com deficiência ou com mobilidade reduzida”. Para reforçar isso, a publicação ressalta as características temáticas da sinalização visual, a qual visa a comunicação por meio de sinais; a sinalização tátil, que envolve o tato como meio de assimilar a mensagem e a sinalização sonora, a qual o receptor recebe a mensagem por meio auditivo.
 
Frederico Viebig, engenheiro com graduação em Produção e Marketing e diversas especializações no Japão, Europa, EUA e Canadá. Sócio proprietário da Spring Signs Sinalização Gráfica Ltda e Diretor Geral da Arco Sinalização Ambiental Ltda. Ex-Presidente da ABSA – Associação Brasileira de Sinalização Ambiental, Coordenador do GT de Sinalização da NBR 9050 e da Norma Brasileira de Acessibilidade em Estádios.
 
Fonte: Ânggulo Comunicação Estratégica e Blog Turismo Adaptado
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.