03/11/2013

Casal supera adversidades e se casa, apesar de debilitação do noivo

O sonho de casar com o namorado da faculdade se realizou para a americana Larissa Murphy. Mas, para isso, o casal precisou enfrentar grandes adversidades. Além de um grave acidente que fragilizou as condições de saúde do noivo e de doenças familiares, os dois tiveram que conseguir permissão da Justiça para poderem ir juntos ao altar. Hoje, levam uma vida muito diferente da maioria dos jovens casais.

Larissa e Ian se conheceram em 2005, namoraram por 10 meses e já faziam planos de se casar quando um grave acidente mudou a história dos dois. Em setembro de 2006, uma batida de carro deixou Ian com danos cerebrais e sequelas permanentes.
— Nós vimos nosso futuro colidir junto com ele — escreveu Larissa no site Desiring God, onde conta a história do casal.
Diante dessas circunstâncias, ela fez a opção considerada mais difícil: se mudou para a casa de Ian para ajudar sua família a cuidar dele. Apesar de ele não conseguir se comunicar, eles continuaram namorando.
— Eu fazia tudo que podia para tornar sua vida divertida. Pensar nessa época é estranho, porque ele não podia falar nem comer. Devíamos parecer superestranhos quando saíamos juntos. Mas nos divertíamos, eu ficava falando o tempo todo.

Conforme as condições de saúde dele melhoraram, o pai de Ian começou a adoecer — ele foi diagnosticado com câncer cerebral. Os planos de se casar, que também eram desejo do pai, se fortaleceram ainda mais, mas ele não conseguiu resistir até o noivado do casal.

Larissa ainda teve que levar Ian a um juiz que autorizasse a união, já que ele era considerado incapaz de tomar decisões. Segundo ela, o juiz lhe disse que eles eram o exemplo do que é o amor. Com a autorização, o casal conseguiu realizar o sonho de se casar.

— O sofrimento foi uma marca permanente nos nossos 20 anos. Parece que o resto do mundo aproveita essa fase fazendo coisas muito legais. Nós assistimos aos nossos amigos se casando com saúde. Eu vi minhas amigas e irmãs encontrarem maridos que puderam dançar com elas no dia do casamento e levá-las à igreja no domingo. Mas à luz dos aspectos práticos, é muito simples: nós nos amamos — conclui Larissa.

Ela lançou um vídeo, em inglês, no qual conta a história do casal.


 
 
 
 
 
Fonte: Extra Globo

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.