21/08/2013

Livro - História da Minha Vida

A história da minha vida traz ao público brasileiro o impressionante relato autobiográfico de Helen Keller (1880-1968), americana que, tendo ficado cega e surda aos 18 meses de idade, em fins do século XIX, conseguiu aprender a ler, escrever e falar, dominar línguas, graduar-se em filosofia e tornar-se escritora reconhecida. Com a chegada da professora Anne Sullivan à sua casa, quando Helen Keller tinha pouco menos de sete anos, seu mundo transformou-se: aprendeu a manifestar ? através das palavras, até então desconhecidas ? seus desejos, seus sentimentos, entendeu regras, aprendeu a criar. Uma imensa felicidade, que a tirou do mundo da escuridão em que vivia: "O dia mais importante de que me lembro (...) é o da chegada de minha professora, Anne Mansfield Sulli-van. Fico maravilhada quando penso no imenso contraste entre as duas vidas que este dia ligou".

Ajudada pela nova amiga, seu desenvolvimento foi extraordinário. Anne ensinou-lhe diferentes meios de comunicar-se: por meio da pressão dos dedos nas mãos; da leitura dos lábios, tocando a boca das pessoas; pela escrita em braille; e chegando à fala.

Helen escreve sobre o afeto que a professora introduziu na sua vida: "no mundo parado e escuro em que eu vivia não havia nenhuma ternura ou sentimento forte em relação aos outros". Com a educação, descobriu que ?tudo tinha um nome e cada nome fazia nascer um novo pensamento?; no dia dessa revelação, "pela primeira vez na vida, ansiei para que um novo dia chegasse".

Os novos dias trouxeram inúmeros desafios e alegrias. Segundo o relato de John Macy, que acompanhou a primeira edição de A história da minha vida, "sua vida vem sendo uma série de tentativas de fazer tudo o que as outras pessoas fazem, e fazê-lo bem. Seu sucesso tem sido completo, pois ao tentar ser como os outros ela se transformou mais completamente em si mesma. Sua relutância em ser derrotada devolveu-lhe a coragem. Aonde o outro pode ir, ela também pode." Helen Keller foi a primeira deficiente visual a se graduar na Radcliff College. Tornou-se, além de reconhecida escritora  publicou 14 livros, traduzidos em mais de cinqüenta línguas, filósofa e conferencista, uma personagem famosa pelo trabalho incessante que desenvolveu para o bem-estar dos portadores de deficiência.

Foi agraciada com títulos e diplomas honorários de diversas instituições, como as Universidades de Harvard, da Escócia, da Alemanha, da Índia e da África do Sul. Foi nomeada Cavaleiro da Legião de Honra da França; no Brasil foi condecorada com a Ordem do Cruzeiro do Sul; no Japão com a do Tesouro Sagrado; dentre outras. Foi membro honorário de várias sociedades científicas e organizações filantrópicas nos cinco continentes. Sua vida é uma verdadeira e inspiradora história de superação.

Páginas - 518
Edição - 1
Editora - José Olympio
Ano - 2008
Assunto - Biografias, Diarios, Memorias & Correspondencias

Idioma - Português

Fonte: Americanas
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.