12/07/2013

Por falta de intérpretes no Detran, surdos são impedidos de tirar CNH

Os processos para a retirada de Carteira Nacional de Habilitação (CHN) para surdos estão parados no Departamento de Trânsito do Paraná (Detran). Isso porque, apesar de ser uma exigência legislativa, desde janeiro deste ano, não há intérprete de Libras para a realização das provas.


Em média, são 100 solicitações por mês. Uma delas é a do jovem Danilo, que mora em Maringá, no norte do estado. Ele esperava apenas completar 18 anos para poder dirigir, mas, com a falta de interprete, terá que esperar.

Para a mãe Vilma Bueno da Silva, o sentimento é de impotência. “De revolta, de exclusão. É um direito que ele tem”, disse. Vilma conta que a psicóloga fez as perguntas e Danilo não pode responder porque não entendeu. “Ela não sabia falar em Libras e ele não escuta. Ela chamou o meu marido e dispensou. [Ela] falou ‘eu preciso de um interprete porque eu não entendo o que o Danilo fala”, acrescentou a mãe.


De acordo com o Detran, o contrato com a empresa que cedia os intérpretes de Libra foi cancelado. Para remediar a situação, o Departamento informou que contratou instituições locais. Entretanto, apenas em Curitiba há intérpretes. O Detran informou ainda que a licitação para a contratação de novos intérpretes.



Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.