12/07/2013

História de quadrinhos para cegos

O Braille consegue quebrar a barreira que os cegos têm com a leitura. Mas um limite parece permante: conseguir aproveitar uma história em quadrinho sem ter visão.

A falta de uma solução prática para isso mexeu com a cabeça do estudante de design Philipp Meyer, que resolveu estudar uma maneira de criar histórias visuais para cegos sem reformatar tudo em texto. Meyer queria fazer os cegos aproveitarem uma história apenas com "imagens".

No processo, Meyer primeiro tentou uma tradução simples, transformando imagens visuais em imagem tátil, mas percebeu que isso não funcionava. Era preciso simplificar mais. Insistindo em novas ideias Meycer conseguiu criar Life. Usando apenas formas simples, sem texto e um visual que pode ser entendido tanto de maneira tátil quanto visual, ele contou a história da vida.

“Este projeto foi definitivamente o mais difícil que eu já fiz - mas o mais gratificante também.  Eu percebi que é possível contar uma história - sem tinta, texto ou som - que ganha vida através da imaginação”, escreveu Meer em seu site. O design insiste que seu projeto não quer promover sua história, que ele admite ser bastante simples, mas é um primeiro passo para resolver a leitura visual. Essa pesquisa continua.




Fonte: Trip
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.