19/05/2013

ONU discute, em Salvador, medidas inclusivas para pessoas com deficiência




 Foto: Carol Garcia/GOVBA
Delegados de 20 países estão em Salvador, nesta sexta-feira (17) e no sábado (18), discutindo ações inclusivas para pessoas com deficiência, durante a Consulta Regional das Américas, promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU). O evento, que acontece no salão de convenções do Hotel Fiesta, no bairro de Itaigara, tem como tema A Inclusão da Pessoa com Deficiência e a Agenda de Desenvolvimento Sustentável no Cenário Pós-2015 e contou, na abertura, com a presença do governador Jaques Wagner.

Segundo o secretário nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Antônio José Ferreira, a política brasileira neste segmento atende a todo o país. “Os estados têm nos acompanhado, executando ações voltadas para estas pessoas. A Bahia tem demonstrado interesse e implementado ações para melhorar a vida destas pessoas, como a desoneração fiscal e juros zero para a compra de equipamentos de tecnologia de assistência”.

Para a presidente da Associação Baiana de Pessoas com Deficiência, Maria Luiza Câmara, o estado está bastante avançado, principalmente pela inclusão por meio de contratos de trabalho. “Várias secretarias estão formalizando contratos com a associação. Para mim, o trabalho é o nível preliminar de subsistência. Quando o indivíduo trabalha, aumenta sua autoestima e passa a ter recursos próprios para sua sustentabilidade, e isso deslancha em uma série de benefícios, inclusive emocionais”.

Iniciativas

“Por meio da ciência e da tecnologia, temos contribuído para a inclusão das pessoas com deficiência e considero que esta reunião é fundamental. Aqui na Bahia, criamos a superintendência para o segmento, foi aprovado o passe livre para pessoas com deficiência e vamos nos somar às ações nacionais, contribuindo para facilitar esta inclusão”, destacou o governador.

O secretário da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, Almiro Sena, declarou que a Bahia, ao sediar este evento, ganha um reconhecimento internacional com o trabalho voltado para as pessoas com deficiência.

A representante da ONU, Daniela Bas, disse que durante o encontro será preparado um documento substancial, com recomendações a serem apresentadas em uma reunião, em setembro, para os diversos governos, que vão discutir desenvolvimento, sustentabilidade e deficiência. “Tenho certeza que o Brasil e os demais países presentes vão fazer um excelente trabalho”.

Mais fotos do evento, acessem:  Reunião da ONU - Consulta Regional das Américas


Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.