12/04/2013

Hospede um cãozinho

“Você só vê um cachorro. O cego vê o mundo.”
Já pensou em hospedar um filhote de labrador por dez meses na sua casa?

Então, aproveite a oportunidade que o projeto Cão-Guia de Cegos, que a Universidade de Brasília (UnB) e parceiros, promovem no Distrito Federal. Essa ação procura famílias para hospedar, acolher, cuidar e socializar um filhote de labrador.

A família hospedeira participa do processo de socialização do cão-guia e fica responsável por levar e educar o cão a diversos ambientes, como por exemplo: dentro e fora de casa, no carro, nos ambientes de trabalho e na rua. Além do dever de cuidar da saúde, prevenir eventuais problemas e educar o animal.

Para se inscrever e participar da criação do filhote, é necessário atender a alguns requisitos: ter idade igual ou superior de 18 anos; morar em uma casa; gostar de cães; ter paciência, disposição e tempo disponível para realizar atividades de socialização. Além disso, é importante que todos os membros da família estejam de acordo com a iniciativa.

Esse grupo familiar deve, preferencialmente, morar nas seguintes regiões: Guará, Vicente Pires, Setor Habitacional Arniqueiras, Taguatinga, Samambaia, Plano Piloto, Lago Sul ou Park Way.

Após a inscrição, haverá um processo de seleção e avaliação a ser feito pelos organizadores do projeto. A família voluntária recebe auxílio na alimentação do labrador, assistência veterinária e, ainda, orientações sobre como lidar em seu processo de socialização.

Quer receber esse cãozinho, que será o melhor amigo e o guia de alguém? Então, entre em contato com os organizadores do projeto pelo e-mail caoguia.voluntariado@gmail.com ou pelo telefone (61) 9309-0105.

As inscrições podem ser feitas até o dia 15 de abril. Clique aqui e saiba mais.
Fonte: Intranet STJ
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.