01/04/2013

Cadeirante morre atropelado sem espaço para andar na calçada


Todas as calçadas do bairro estão ocupadas por carros e buracos.

   
Um cadeirante não conseguiu passar por uma calçada, por causa dos carros estacionados e dos buracos, e foi obrigado a andar pela rua. Ele acabou atropelado em Rocha Miranda, no Subúrbio do Rio, e morreu no caminho do hospital, na sexta-feira (29), como informa o RJTV.
   O cadeirante José Henrique da Silveira Brun, de 69 anos, tinha acabado de deixar a esquina, onde jogava dominó todos os dias. Ele estava sendo levado para casa por volta das 20h30 por um amigo, pelo canto da Rua dos Diamantes, em Rocha Miranda, quando aconteceu o acidente.
   “O rapaz da moto veio e pegou ele de frente”, contou um morador.
    José Henrique ainda foi socorrido, mas não resistiu. O amigo dele, José da Conceição Basílio está internado no Hospital Salgado Filho, no Méier, na Zona Norte.
    Carros estacionados irregularmente nas calçadas e também buracos. Percurso curto, mas com muitos obstáculos para os cadeirantes.
    “Aqui pela calçada não dá para empurrar porque tem muito buraco. Aí, o amigo sempre leva ele pela rua”, conta o morador.
    Em Rocha Miranda há carros estacionados nas calçadas, em quase todas as ruas. Pedestres passam espremidos ou pela rua. Segundo uma moradora, os motoristas estacionam colados aos muros.
    O caso foi registrado na 40ª DP (Honório Gurgel). O motociclista Jonathan da Rocha Silva vai responder a processo por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
    A família da vítima quer que as calçadas sejam devolvidas aos pedestres, como diz a irmã da vítima, Doralice Brun.
   “Assim como foi meu irmão, um adulto, podia ser uma criança num carrinho”, reclamou Doralice.
   A multa por estacionar sobre a calçada é de R$ 53 e acarreta a perda de três pontos carteira de habilitação. A calçada é de responsabilidade do morador, mas a Prefeitura precisa multar os motoristas que cometem irregularidades.


Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.