06/12/2012

Neurocientista conta como quer fazer tetraplégico andar

No livro Muito Além do Nosso Eu, do cientista brasileiro Miguel Nicolelis, conta como ele planeja construir um exoesqueleto para fazer um tetraplégico andar.

Brasileiro, professor na Universidade Duke, traça um panorama da história da neurociência e explica a briga entre localista versus globalistas.


    São Paulo – O neurocientista brasileiro Miguel Nicolelis tem um grande projeto para 2014. E esse projeto não envolve estádio, aeroporto ou troca de comando na Seleção Brasileira de Futebol. Nicolelis planeja a construção de um exoesqueleto que fará um tetraplégico andar. Tudo isso comandado pela mente. Como isso será possível? A resposta está no livro Muito além do nosso eu.
   O brasileiro, professor na Universidade Duke, traça um panorama da história da neurociência e explica a briga entre localista versus globalistas. Os primeiros dão ênfase ao neurônio sozinho, enquanto os segundos tentam entender o cérebro em seu todo a partir de padrões de sinais elétricos. Nicolelis é um forte defensor do segundo time. Tentar descobrir padrões do cérebro humano tem se mostrado mais profícuo na ciência.  O próprio autor conseguiu bons resultados com a técnica, como fazer com que um macaco rhesus comandasse um braço mecânico apenas com a força do pensamento. O livro se insere dentro do estilo de divulgação. Você não vai encontrar termos difíceis e um linguajar impossível de ser compreendido. A boa prosa, com comparações, histórias pessoais e metáforas colocam Nicolelis lado a lado com outros autores da ciência, como Richard Dawkins e Carl Sagan.

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.