13/12/2012

Conheça o surfista cego de Guarapari

   Derek Rabelo é um menino como outro qualquer. Anda de bicicleta, skate, e adora surfar. Derek é como outro menino qualquer, ou quase. O garoto de apenas 19 anos já teve o privilégio de surfar na Pipeline Banzai, no Havaí, que é considerada uma das ondas mais perversas do mundo, Havaí.
   Derek é um menino como outro qualquer. O que o diferencia da maioria dos outros meninos é que ele não vê. O glaucoma o deixou cego quando ele tinha um ano. Mas isso não o impede de fazer o que quer. "Não me acho diferente das outras pessoas, me acho normal e não me vejo limitado pra nada. [...] Com Deus, tudo é possível."
   O garoto de Guarapari, no Espírito Santo, conta que, por não enxergar, usa seus outros sentidos para surfar. "Toda onda, cada tipo de onda faz um barulho diferente", diz.
    E assim ele leva a vida, como qualquer outro garoto.

Derek no Caldeirão

Luciano Huck foi até Guarapari, ES, atrás do Derek, que tinha voltado do Havaí há duas semanas, onde foi surfar . Tudo muito corrido para conhecer a interessante e surpreendente história do menino surfista, que é cego. Derek nasceu com glaucoma congênito, uma doença rara e hereditária. Mesmo com esse 'problemão', ele é totalmente cego, o garoto sempre seguiu em frente e em busca dos seus sonhos. Um deles era surfar!
   Quando Derek se matriculou numa escolinha de surfe, há dois anos e meio, na praia do Morro, em Guarapari, ES, o professor não acreditou no que estava acontecendo. Mas, com muita dedicação e sua força de vontade surpreendente, o garoto mostrou que é fera mesmo e conseguiu aprender a surfar.
  
Depois do primeiro passo, ele quer praticar a modalidade 'Tow-in', na qual dois surfistas vão atrás das maiores ondas possíveis. Para a missão, Huck convocou o campeão mundial da modalidade, e brasileiro, Carlos Burle. O trio foi até a praia da Barra, no Rio de Janeiro, tentar fazer o feito. Na primeira tentativa, mesmo com a força de vontade, ele não conseguiu praticar o 'Tow-in' junto com o Burle. Mas, no final, o campeão mundial declarou: "É possível. Ele é muito dedicado". No final deste dia, Derek deixou essa frase marcante escapar de sua boca: Se não deu certo é porque ainda não chegou o fim".
   No dia seguinte, Carlos Burle tentou fazer a modalidade com os olhos vendados para ter a mesma sensação de Derek, já que eles iam treinar juntos novamente. Depois de algumas aulas, Huck, Burle e Derek voltaram à praia da Barra para tentar novamente. E dessa vez o garoto conseguiu. No final do papo, o apresentador convidou Derek para participar do 'Agora ou Nunca'.

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.