11/10/2012

Nova frota de táxis acessíveis começam a circular em São Paulo

Na manhã de sexta-feira, dia 28 de setembro, foi feita em São Paulo a apresentação oficial de 15 novos táxis acessíveis. Além destes, até o final do ano entrarão em circulação mais 58 novos táxis para pessoas com mobilidade reduzida, anunciou a Adetax – Associação das Empresas de Táxi de Frota do Município de São Paulo.

Hoje, a capital paulista tem uma frota de 35 táxis acessíveis, em circulação desde 2009. Somados à frota complementar, operada por taxistas autônomos, o número de táxis adaptados na cidade deve atingir 93 veículos ainda em 2012, calcula a associação.

O serviço de táxi para pessoas com mobilidade reduzida é oferecido 24 horas e deve ser solicitado pelo telefone (11) 3229-7688, ou pela internet, no endereço www.taxiacessivel.com.br. As corridas são tarifadas tal qual às dos táxis comuns: bandeirada inicial de R$ 4,10, mais R$ 2,50 por quilômetro rodado. A taxa de chamada é de R$ 4,10.

Em caso de cadeirantes, no Táxi Acessível estes podem seguir viagem ou sozinhos, ou com até dois acompanhantes. “O táxi acessível implica mais conforto e segurança porque, no caso de cadeirantes, torna-se possível o uso do táxi sem que o passageiro precise ser retirado de sua cadeira de rodas”, explica Ricardo Auriemma, presidente da Adetax. Os táxis acessíveis contam com plataforma elétrico-hidráulica, acionada por controle remoto e com sustentação de até 250 quilos, para acomodar o usuário no carro de forma descomplicada.

Hoje, apenas os 16 táxis acessíveis das empresas ligadas à Adetax já atendem mensalmente, em média, 1.600 corridas. Desde o início do serviço, em fevereiro de 2009, até agosto de 2012, o número de atendimentos foi de 54 mil. “Nestes três anos, desde que inauguramos o serviço com apenas 16 carros, tivemos um grande aprendizado. E, com a entrada de mais táxis acessíveis, em poucas semanas corrigiremos eventuais atrasos no atendimento, que acontecem quando há várias chamadas durante um mesmo período”, explica Auriemma.

Hoje, dos 33.750 táxis da cidade de São Paulo, 3.500 pertencem a 58 empresas de táxi (frotas) do município.

Investimento

As empresas filiadas à Adetax (Associação das Empresas de Táxi de Frota do Município de São Paulo) investirão cerca de R$ 4,5 milhões para colocar nas ruas da cidade, até o final de 2012, os novos 58 táxis adaptados para cadeirantes de São Paulo.

Conforme explica o presidente da Adetax, o investimento das empresas será alto porque cada veículo, para ser usado como “táxi acessível”, precisa ser equipado com teto elevado, fixador, cinto de três pontos e plataforma elevatória, para facilitar o acesso dos cadeirantes. Os novos táxis também atendem à legislação municipal, que determina essa completa adaptação para poderem prestar serviço de transporte de passageiros com mobilidade reduzida.

Antes de dirigir os táxis acessíveis, os taxistas de frota participam de um treinamento, onde conhecem as particularidades desses veículos e aprendem todos os passos necessários para atender bem esses passageiros especiais. É o próprio motorista do táxi quem libera a plataforma e fixa nela a cadeira de rodas, fazendo depois a locomoção do passageiro, da parte de fora para a parte de dentro do táxi.

Fonte - Mobilize Brasil
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.