18/10/2012

FTA foi o primeiro com 100% de inclusão para deficientes


Em sua nona edição, o Festival de Teatro da Amazônia, que encerra na noite desta quinta-feira (17), foi marcado por uma novidade: foi o primeiro evento estadual totalmente acessível aos deficientes físicos, visuais e auditivos.

Serviços de audiodescrição, tradução em Língua Brasileira de Sinais (Libras) e adaptações para cadeirantes foram disponibilizados em todas as sessões do evento, realizado pela Secretaria do Estado de Cultura (SEC) em parceria com a Federação de Teatro da Amazônia (Fetam).

A assessora de inclusão da pessoa com deficiência da SEC, Layla Lopes, explica que há três anos a SEC vem realizando sessões adaptadas em sua programação, como nos festivais Ópera, de Música, Amazonas Film Festival e Concertos de Natal, entre outros. “O diferencial desse festival é que não houve horários exclusivos para quem precisasse desses serviços, como ocorreram nos eventos anteriores. Todas as sessões teatrais tinham o libras e a audiodescrição permitindo, assim, que todas as pessoas pudessem participar integralmente do festival”, disse.

De acordo com Layla Lopes, aproximadamente 50 pessoas com necessidades especiais, incluindo cadeirantes, estiveram presentes durante os dez dias de festival. “A ideia é que em todos os eventos realizados pela SEC possamos atender a essa demanda. Acredito que o Festival de Teatro marca o início desse novo momento”, informa. A assessora ainda adiantou que o Concerto de Natal deste ano também vai disponibilizar o programa de inclusão.

Para o coordenador geral do Festival, Dyego Monnzaho, a novidade pode ser atribuída a um amadurecimento de ideais inclusos no conceito do evento. Monnzaho afirma que a direção da Fetam, junto à SEC, entendeu a necessidade do atendimento aos deficientes em toda carga horária do evento e não mais em um horário específico.

No caso dos deficientes visuais, estes ficam em uma área específica e recebem um aparelho para ouvir as narrações de cada dramatização. “Não tivemos problemas com as transmissões em nenhum dia. Pudemos ver que o projeto deu certo e que atrai o público”, comemora.
Segundo o coordenador,  a estimativa total de público no evento será divulgada apenas hoje. “Todas as noites tivemos casa lotada, com média de 700 participantes”, adiantou.

Fonte: Em tempo
Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.