18/10/2012

Americano exibe rosto recuperado sete meses após transplante


A universidade de Maryland, nos EUA, revelou o resultado do transplante de face de Richard Lee Norris, 37, que passou há sete meses pelo mais extenso transplante do gênero. 

Richard Lee Norris, 37, que teve o rosto transplantado.
Na primeira foto, Norris jovem.
Na segunda, após o acidente, em 1997.
Em seguida, um mês após a cirurgia, e na última, sete meses após o transplante.

   Norris teve seu rosto deformado por um tiro acidental em 1997 e perdeu boa parte de seu maxilar superior e inferior e o nariz. O transplante ocorreu em 20 de março deste ano.

   "Por quinze anos eu vivi recluso, escondido atrás de uma máscara cirúrgica e fazendo a maioria das minhas atividade durante a noite, quando há menos gente", disse Norris. "Agora posso sair e não receber olhares e comentários".
   Norris aos poucos vai ganhando mais sensibilidade em sua face e já é capaz de sorrir e mostrar expressões. Os médicos dizem que a função motora no lado direito da face é de cerca de 80% do normal e as funções motoras do lado esquerdo estão 40% restabelecida. Ele se alimenta principalmente por via oral e já é capaz de sentir cheiro e sabor.
   "Nosso objetivo com Richard foi restaurar a harmonia facial e funcional obtendo o melhor resultado estético possível", disse o líder da equipe de cirurgia, Eduardo Rodriguez. "Richard está superando as expectativas de recuperação e ele merece grande crédito pelas incontáveis horas gastas praticando a fala e exercitando seus músculos faciais. Ele é um dos mais corajosos e comprometidos indivíduos que eu conheço", completou o médico.

Proxima Anterior Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Seu Comentário é muito importante para nós.